Química

Kirchhoff


Gustav Robert Kirchhoff, físico alemão, nasceu no dia 12 de março de 1824 em Berlim. Fez importante contribuição para a ciência na área da espectroscopia, na emissão de radiação dos corpos negros, na teoria da elasticidade e na formulação de teorias da termodinâmica.

Era filho de Friedrich Kirchhoff, advogado e Johanna Henriette. Formou-se na Universidade de Konigsberg na Prússia (atual Rússia) em 1847. Casou-se com clara Richelot, filha de Richelot, um de seus professores de matemática. No mesmo ano, mudou-se para Berlim.

Em 1845, formula leis baseadas no Princípio da Conservação da Energia e no Princípio de Conservação da Carga Elétrica. Foi professor de física na Universidade de Heidelberg de 1854 a 1874. Estudou a aplicação da teoria mecânica do calor nos processos físicos e químicos, uma valiosa colaboração à teoria da difração, da reflexão e da refração da luz.

Em 1859, com Bunsen iniciou estudos da análise espectral. Descobriram os elementos químicos césio e rubídio em 1861. Trabalhou na Universidade de Berlim, a partir de 1874 até o fim de sua vida. Tornou-se sócio da Academia.

Fez outros notáveis trabalhos na área de física, como teorias quânticas, poder de emissão, comprimento de onda e temperatura, fluidos, hidráulica, óptica e circuitos elétricos.

Kirchhoff morreu em Berlim, na Alemanha em 1887.

Video: As Leis de Kirchhoff (Agosto 2020).