Química

Lipídios


Os lipídios têm grande importância para o funcionamento do organismo dos seres humanos.

Constituem os óleos e as gorduras animais e vegetais.

Podem ser encontrados em alimentos como manteigas e margarinas, azeite de oliva, óleos, presuntos, salames e em frutas com alto teor de gordura, como o abacate.

        

A palavra lipídio vem do termo grego lipos, que significa "gordura". Os lipídios são substâncias insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos, como o clorofórmio, benzeno e éter.

Os lipídios podem ser classificados em simples e complexos.

Os lipídios simples são os ésteres de ácidos graxos com diferentes álcoois. Os ácidos graxos são ácidos monocarboxílicos, de cadeia normal, que pode ser saturada ou insaturada.

Alguns ácidos graxos saturados

Ácido láurico - C11H23 - COOH - gordura de coco

Ácido mirístico - C13H27 - COOH - noz moscada

Ácido palmítico - C15H31 - COOH - gordura de palma (palmito)

Ácido esteárico - C17H35 - COOH - gordura de boi

Alguns ácidos graxos insaturados

Ácido oleico - C17H33 - COOH - óleo de oliva
Ácido linoleico - C17H31 - COOH - óleo de soja

Ácido linolênico - C17H29 - COOH - óleo de linhaça

Os ácidos graxos insaturados podem ser monoinsaturados, com apenas uma ligação dupla, ou pode ser poliinsaturados, com mais de uma ligação dupla.

O ácido oleico é monoinsaturado, com insaturação entre os carbonos 10 e 9.

O ácido linoleico é poliinsaturado, com insaturação entre os carbonos 13 e 12 e entre 10 e 9.

O ácido linolênico possui três insaturações, portanto poliinsaturado, com insaturação nos carbonos 16 e 15, 13 e 12 e entre os carbonos 10 e 9.

O álcool mais frequente nos lipídios simples é a glicerina.

A glicerina é um triálcool que atua na formação de óleos e gorduras vegetais e animais (ésteres, os glicerídios). As ceras são ésteres dos ácidos graxos com álcool de cadeia longa.

Os lipídios complexos geralmente não são ésteres. São moléculas grandes, cíclicas e podem conter nitrogênio, fósforo, etc.