Química

Fenol


Fenol é todo composto orgânico que contém uma ou mais hidroxilas (OH) ligadas diretamente a um anel aromático. Exemplos:

Utilidade

O fenol mais comum é o fenol. É conhecido também como benzenol, hidróxi-benzeno, fenol comum ou ácido fênico.

É uma substância sólida à temperatura ambiente, cristalina, com cheiro forte. É utilizado para fazer peeling, para evitar o enrrugamento da pele. É corrosivo para a pele.

Pouco solúvel em água e solúvel em álcool e éter. Foi utilizado em 1834, a partir da destilação do carvão mineral. Foi muito utilizado como desinfetante de instrumentos cirúrgicos, mas por ser muito tóxico, foi substituído aos poucos por outros desinfetantes.

Um desinfetante muito utilizado hoje, em agropecuárias, é a creolina, que é uma solução aquosa alcalina da mistura dos cresóis. É usado como desinfetante porque atua no mecanismo de coagulação das proteínas de microorganismos.


m-cresol o-cresol p-cresol

O desinfetante lisol é uma emulsão de cresóis em sabão. Os fenóis servem também para a preservação da madeira, protegendo contra o ataque dos insetos.

Na indústria química, serve como matéria-prima para fabricar plásticos, perfumes, corantes, explosivos, resinas, vernizes, desodorantes, adesivos, cosméticos e tintas.

Nomenclatura

De acordo com a IUPAC, o nome dos fenóis é dado a apartir do termo hidróxi. A numeração inicia-se na hidroxila e prossegue no sentido que proporciona números menores. Exemplos:

 
1-hidróxi-3-metil-benzeno
m-hidróxi-tolueno
m-cresol


1-hidróxi-naftaleno
α - naftol (alfa-naftol)

Alguns fenóis importantes:

Vanilina - essência de baunilha, usado em bolos, na fabricação de doces e sorvetes.

               

Eugenol - essência do cravo-da-índia. Pode ser usado como anti-séptico.

    

Hidroquinona - também chamado de quinol, usado em filmes reveladores e como creme no tratamento de clareamento da pele.


Video: Fenol (Junho 2021).